Contato | Contact

Brazil

+ 55 (41) 99125 9797

France

+ 33 (0) 6 26 69 25 23

Conecte-se | Connectez-vous
  • White LinkedIn Icon
  • White Facebook Icon
  • White Google+ Icon

Recomendação Livro -Subliminar

December 19, 2013

Sempre gostei de temas que me alçam para longe da minha zona de conforto. Temas que me levam para aquele momento chave em que me coloco aquela questão pertinente. Temas que me lançam em um movimento positivo e me conduzem direto para uma reflexão benéfica atraindo boas respostas; como em um processo de "coaching".

 

Através desses temas, identifico momentos de duas naturezas, os que chamo de "sacudidelas" e os que se equiparam a uma "erupção vulcânica"!

Tenho gravado em mim vários destes momentos que aceleraram meu crescimento e me fizem caminhar feliz e em coerência com meus valores e com minha vocação.


Um deles foi muito divertido, estava em Nova York, assistindo com minha filha o musical "Mamma Mia". Algo nessa peça me interpelou e me impulsionou num momento vulcânico de questionamento sobre meu propósito de vida. Esta reflexão foi tão profunda que mudou minha vida. A transformação levou 7 anos para se concretizar. Graças a este momento, estou aqui hoje, neste blog, escrevendo para vocês.

Gosto muito de estar sempre me confrontando com momentos do tipo "sacudidela", eles me provocam sempre uma nova oportunidade de desenvolvimento pessoal e/ou profissional.

E vocês? Também são atraídos por essas "sacudidelas" que nos fazem sair da zona de conforto para alçar novos vôos?

Lendo o livro SUBLIMINAR de Leonard Mlodinow tive uma destas "sacudidelas". Vi neste livro uma fonte interessante de reflexão, ele me propiciou novos momentos de meditação onde pude confrontar meus comportamentos com minha essência. Ele me fez pensar em questões como, por exemplo:

Como me comporto e interajo com minhas relações? 

Como estou assegurando que interajo em coerência com meus valores e vocação?

Como a mídia e o inconsciente social têm influenciado e conduzido minha maneira de ser?

Como tenho feito minhas escolhas?

Neste livro vocês vão conhecer os mecanismos da "Teoria da Mente"; uma aptidão dos seres humanos que nos permite compreender o comportamento passado de outras pessoas e prever como vão se comportar numa situação presente ou futura. Aptidão essencial para o relacionamento social e que se manifesta em parte de maneira racional e consciente, mas em boa parte como resultado de processos rápidos e automáticos de forma subliminar.

Vão descobrir, ou rever, como o inconsciente social e os sinais criados pela sociedade impactam nossa interpretação e classificação das pessoas e, consequentemente nossos comportamentos.

"Se quisermos ter um entendimento válido de quem somos e, portanto, de como reagiremos a certas situações, temos de entender os motivos de nossas decisões e comportamentos; e, ainda mais fundamental, precisamos entender nossos sentimentos e suas origens."

Saber utilizar o "raciocínio motivado" em prol da nossa felicidade nos leva a um estado de espírito positivo onde nos tornamos mais abertos a interagir com as outras pessoas e a cooperar mais facilmente na busca de soluções construtivas para resolver conflitos e problemas. Aumentamos nossa motivação para nos darmos bem e persistir diante de desafios.

Tenho certeza que vocês vão gostar!

Aproveito para agradecer a Ana Cristina, uma grande amiga do Rio de Janeiro, mulher inteligentíssima, que é sempre uma fonte inspiradora e me apresentou este livro.

Deleitem-se com mais esta leitura!

 

 

"... quanto mais as pessoas em grupos considerados tradicionalmente diferentes, como os baseados em raça, etnia, classe, gênero ou religião, jugarem vantajoso trabalhar juntas, menos elas discriminam umas as outras....

Vivenciei isto no dia 11 de setembro de 2001...
Nova York é considerada um caldeirão de mistura racial, mas os diferentes elementos jogados no caldeirão em geral não se misturam nem combinam muito bem uns com os outros......
Enquanto eu estava debaixo da Torre Norte do World Trade Center, até 8h45 daquele 11 de setembro, entre a multidão de camelos migrantes, tipos de terno e gravata de Wall Street e judeus ortodoxos..., as divisões étnicas e de classe social eram bem aparentes. Mas as 8h45 da manhã, quando o primeiro avião se chocou com a Torre Norte e o caos irrompeu, quando os fragmentos em chamas caíram em nossa direção e um horroroso suspiro de morte se desdobrou diante de nós, algo de mágico e sutil também transpareceu. Todas aquelas divisões pareceram evaporar, e as pessoas começaram a ajudar umas as outras, independente de quem fossem."

Please reload