Contato | Contact

Brazil

+ 55 (41) 99125 9797

France

+ 33 (0) 6 26 69 25 23

Conecte-se | Connectez-vous
  • White LinkedIn Icon
  • White Facebook Icon
  • White Google+ Icon

Quatro compromissos com o seu bem-estar

January 20, 2014

 

A leitura é gostosa, Don Miguel escreve de maneira leve e fácil e com muita sabedoria.

 

Vale salientar que milhares de anos atrás, no sul do México, os Toltecas eram reconhecidos como mulheres e homens de sabedoria.

 

No meu entender, eu diria que esta sabedoria dos toltecas pode ser descrita como uma filosofia ou forma de vida, cuja singularidade é favorecer uma pronta acessibilidade à felicidade.

 

Quando iniciar a leitura, você pode até ter a impressão de estar lendo algo banal e muito óbvio. No entanto, acredito que esta impressão passará e o lado filosófico prevalecerá rapidamente.

 

Tudo é dito de uma maneira muito simples e o grande exercício reside na reflexão sobre a sua responsabilidade pelas escolhas e decisões que toma em cada instante do seu dia, assim como sobre o poder que estas decisões tem sobre seu bem estar.

 

Neste livro, Don Miguel nos leva a refletir sobre crenças que nos limitam e sobre os nossos modelos mentais. Ele nos oferece uma oportunidade para quebrar paradigmas que são muitas vezes a origem de nosso modo mecânico de interpretar as situações, modo que muitas vezes limita o uso de nossas capacidades.

 

Você deve estar se perguntando quais são estes quatro compromissos. É difícil descrevê-los em poucas linhas, por esta razão vou citá-los e ousar um breve relato sobre como os sinto.

 

O primeiro deles diz: "Seja impecável com suas palavras". Lendo este livro eu redescobri a força e o poder das palavras, o quanto elas podem influenciar a minha vida e a dos outros, tanto daqueles que convivem comigo como daqueles que cruzo no meu quotidiano. Para mim, além deste reencontro com o poder da palavra, teve valor significativo a influência deste compromisso sobre meu pensamento. E o mais expressivo foi redescobrir o benefício da nossa palavra : um instrumento mágico que pode criar sonhos maravilhosos à nossa volta ou simplesmente tudo destruir. Esse poder é real em todo tipo de situação, seja na vida pessoal, por exemplo, no relacionamento com seu cônjuge, seja na vida profissional, por exemplo, no relacionamento com um membro da sua equipe. É realmente muito mais gratificante sermos origem de um sonho que de um mal-estar!

 

O Segundo nos diz "Não leve nada para o lado pessoal" e o terceiro "Não faça interpretações". A leitura do conteúdo proposto para estes dois compromissos conduziu-me a reconsiderar a participação do outro nos acontecimentos de minha vida. Com certeza assumir estes dois compromissos agregaram muito mais leveza em minha vida e me engajaram num movimento bem mais construtivo. Por exemplo, no que diz respeito à vida profissional, acredito que minha grande aquisição foi melhorar minha escuta sobre a "necessidade escondida" dos meus interlocutores.

 

 

 

O quarto compromisso provê um sábio conselho: "Dê sempre o melhor de você mesmo". Quando conseguimos integrar este compromisso adquirimos uma liberdade enorme. E, liberdade combina com responsabilidade sobre nossas escolhas e suas consequências de maneira a que nossas ações nos permitam viver em harmonia com as nossas relações e com o mundo. Este compromisso favorece significativamente nossa analise do ponto de vista do "lócus interno".

 

Se você é adepto da pró-atividade, gosta de quebrar paradigmas, acredita que somos responsáveis sobre o rumo de nossas vidas e está buscando assimilar novas ideias para entrar num movimento que te levará a uma mudança positiva, este livro vai te cativar!

 

Um conselho: não se assuste se este livro estiver na categoria autoajuda. Não se deixe inibir por um eventual preconceito, deixe-o para o bibliotecário!

 

Boa leitura!

 

 

 

Em 2012, li um livro do Don Miguel Ruiz que teve um impacto significativo no meu bem estar: Os Quatro Compromissos – o livro da Filosofia Tolteca.

 

Este livro me fez refletir sobre o meu dia a dia e reconsiderar algumas atitudes do meu quotidiano.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Please reload